Calo nos pés | O que fazer

Ter calo nos pés é um problema que atinge milhões de pessoas em todo o Brasil, é difícil encontrar alguém que não tenha, ou nunca teve um ou mais calos no pés e nas mãos. Além de incomodar bastante, os calos tem uma aparência não muito agradável, deixando as pessoas inibidas em mostrar os pés ou as mãos que tem estas reações na pele.

No dia a dia os calos nos pés incomoda muito, chegando até a impedir que a pessoa possa andar normalmente, e algumas pessoas não tem como escapar deste problema tão comum. A formação de calos não é uma questão genética, e também não é doença, por isso é fácil de evitar e tratar esta alteração sofrida pela pele.

Dermatologicamente falando, o calo é uma região da pele que fica dura, em virtude da constante exposição da pele ao contato continuo e repetitivo com materiais diversos. Este termo também é usado na área botânica, para determinar regiões mais duras e com elevações presentes em plantas. Como o calo é enriquecido pelo contato repetido com alguma superfície, ele geralmente aparece com mais frequências nos pés e mãos das pessoas ou patas de animais.

Na maioria dos casos os calos não são prejudiciais à saúde, mas podem ser a porta para outros problemas, que podem ser causados em virtude por exemplo, da abertura de feridas provocadas pelo irritação excessiva do local que está com calo. O local pode infeccionar, e provocar problemas maiores a pessoa.

A causa principal dos calos nos pés são os sapatos apertados e abafados, sandálias com fechamento com material duro, sapatos de bico fino, e exposição dos pés descalços em regiões de solo grosseiro.

Como tratar calo nos pés

Se você não sabe o que fazer com calo nos pés, basta ler as nossas dicas, que podem lhe ajudar a prevenir e tratar o seu problema com calo nas mãos e nos pés.

Existem 3 formas de calos conhecidas pelos médicos, sendo elas, a helomas, tilomas e hiperqueratoses. E o tratado ideal pode variar de acordo com o tipo de calo específico.

Tratar calo
Mas na maioria das vezes os calos desaparecem naturalmente, basta que a pessoa deixe a parte afetada livre de contato excessivo com superfícies. Desta forma, a maneira de prevenir e tratar o calo nos pés, é evitando o contato da pele com superfícies apertadas e que fiquem irritando a pele constantemente.

Um paliativo que pode ser realizado para diminuir o excesso de pele que está presente no local do calo, é lixar o local com lixa para pés, que pode ser encontrada em lojas que vendem produtos estéticos. Só é recomendável lixar com a pele relaxada, após o banho por exemplo, ou deixando os pés de molho em água fria durante no minimo 30 minutos, depois basta lixar com cuidado o local, e o calo irá diminuir com o tempo, e desaparecer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *